Sites Grátis no Comunidades.net

Filmes



Total de visitas: 89088
À Espera de um Milagre

Voltar ao Menu

À Espera de um Milagre

À Espera de um Milagre - Capa Brasileira


Adaptação do Livro: O Corredor da Morte/À Espera de um Milagre (The Green Mile, 1996)


Adaptação do Conto: ----------


Título Original: The Green Mile


Ano de Produção: 1999


Duração: 188 minutos (3 horas e 8 minutos)


Data de Estréia nos EUA: 10/12/1999


Data de Estréia no Brasil: 10/03/2000


Elenco: Tom Hanks, Michael Clarke Duncan, David Morse, James Cromwell e Sam Rockwell


Direção: Frank Darabont


Distribuidora: Warner Bros.


IMDb: http://www.imdb.com/title/tt0120689/


Sinopse: Mandado para o corredor da morte de uma prisão em Cold Mountain, o gigantesco John Coffey aguarda. Paul Edgecomb é o honesto e bondoso guarda do bloco, e junto com seus colegas, cuidam de todos os presidiários para que eles tenham um momento mais confortável, antes de ir para cadeira elétrica. Coffey foi acusado de matar e estuprar duas crianças, mas logo Paul desconfia que essa não é a verdade. Através de milagres, John Coffey cura os corpos e espíritos daqueles que toca, e quando Paul sente isso na pele, sua vida e de todos os habitantes do Bloco E mudam completamente.


Disponível no Brasil em: Blu-Ray, DVD & VHS


CURIOSIDADES


- O nome de John Coffey veio de um professor da faculdade, o Reverendo John Coffee. Stephen King o conheceu uma vez e realmente gostou do nome, e o usou no livro. Reverendo Coffee ensinava História no Emerson College em Boston, Massachusetts. Ele se aposentou em Maio de 2005.

- Originalmente a história se passa em 1932, mas no filme foi preciso um pulo de três anos, para que o filme "O Picolino" (1935) pudesse ser envolvido na história.

- Harry Dean Stanton é um dos atores no filme. Há um personagem chamado Harry, e outro Dean Stanton. Esta é meramente uma feliz coincidência, já que os nomes dos personagens existiam antes de Harry Dean Stanton ser contratado. Porém, há uma possibilidade de King ter pego o nome do ator e colocado na novela, já que Stanton já havia atuado na adaptação de "Christine: O Carro Assassino", e provavelmente King gostara dele.

- Na realidade, Michael Clarke Duncan tem mais ou menos a mesma altura de David Morse e é um pouco menor do que James Cromwell. Entre outras coisas, os criativos ângulos das câmeras foram usados para criar a ilusão de que John Coffey era maior que todos, até mesmo que Brutal Howell e o diretor Moores.

- Michael Jeter (que faz Eduard Delacroix) também esteve em "Um Ratinho Encrenqueiro" (1997), outro filme co-estrelado por um rato inteligente.

- No começo do filme, quando o velho Paul está indo pegar café da manhã, ele anda por um piso verde, como se fosse sua própria Milha Verde.

- Os guardas usam uniforme para dar ao filme um visual melhor, pois na época em que o filme acontece, não haviam uniformes para guardas de prisão.

- A música tocada nos alto-falantes no asilo quando o velho Paul sai de seu quarto, é a mesma que as enfermeiras tocavam na hora da medicação no filme "Um Estranho no Ninho" (1975). Trata-se de Charmaine de Mantovani.

- Originalmente, Tom Hanks iria também interpretar o velho Paul, mas os testes de maquiagem se provaram ineficazes em envelhecê-lo. Dabbs Greer foi contratado para interpretar o velho Paul Edgecomb.

- Quando Paul apresenta a Elaine o Sr. Jingles, o rato tem pelo menos 64 anos - nove vezes mais do que a vida do rato mais velho conhecido.

- Enquanto a maioria das novelas de Stephen King acontecem em seu estado natal do Maine, À Espera de um Milagre acontece em Louisiana. Porém, o sobrenome no personagem - Edgecomb - é o nome de uma cidade na costa central do Maine.

- A trama se desenvolve com o velho Paul contando à Elaine a história da Milha Verde. No livro, Paul escreve sua história na forma de uma novela. No fim do filme, depois que Paul deixa o cemitério depois do enterro de Elaine, um túmulo pode ser visto atrás dele com a inscrição "Greene", e dois outros, um acima, e outro à direita, com a inscrição "Story".

- À Doug Hutchison (Percy), de acordo com o diretor, foi dado os sapatos mais barulhentos que ele já ouviu (e que pode ser ouvido durante o filme). Ele achou que esse foi um grande presente do destino, e "uma perfeita e maravilhosa 'marca registrada' do chato personagem".

- Votado o 5° filme que você mais deve ver de todos os tempos na rádio Capital FM em Londres.

- King visitou os sets de filmagem, e pediu para sentar na Velha Faísca, aparentemente não gostou muito da sensação, porque logo pediu pra sair.

- Quando os produtores estavam com problemas para achar um ator que combinasse com o personagem de John Coffey, Bruce Willis sugeriu Michael Clarke Duncan com quem havia co-estrelado em "Armageddon" (1998).

- O papel de Paul Edgecomb foi oferecido à John Travolta mas ele recusou.

- Votado o número 2 no Canal 4 da Inglaterra na lista dos filmes que mais arracaram lágrimas, perdendo o primeiro lugar para "E.T. - O Extra-Terrestre".
 
- Último filme de Dabbs Greer.

- Quando Paul e Brutal levam John para fora, o gigante olha para as estrelas e fala "Olhe Chefe, é a Cassie, a senhora na cadeira de balanço." Esta é uma referência à constelação Cassiopéia. Na mitologia grega a rainha Cassiopéia é constatemente caracterizada por estar sentada numa cadeira de balanço ou numa cadeira comum.

- Mais de 30 à 40 trabalhos de Stephen King já foram adaptados em filmes, mas este é o único que ultrapassou a marca de 100 milhões de dólares ganhos nas exibições nos cinemas dos EUA até hoje ($136.801.374,00).

- No começo do filme Paul grita para Percy "Get the fuck off my block", mas depois foi redublado para "Get the hell off my block".

- É irônico quando Percy encontra o Sr. Jingles pela primeira vez e o chama de "scurvy" (Escorbuto), que é a condição causada no organismo pela falta de Vitamina C. Os ratos tem um gene ativo que sintetizam vitamina C.

- De acordo com a novela de King, Percy tem 21 anos. Durante a produção, Doug Hutchison (Percy) estava com 39 anos. Ele disse ao diretor que estava no meio de seus trinta anos. Quando ele foi audicionar para o filme "A Sombra de um Homem (2002)", o diretor D.J. Caruso disse que ele era novo demais para o papel. Hutchison teve que mostrar sua carteira de motorista que provava sua idade.


 

CURIOSIDADES COM SPOILERS


- Michael Clark Duncan não ficou nada confortável em ter que tocar na virilha de Tom Hanks na cena em que ele tira a infecção urinária de Paul Edgecomb. Hanks saiu do set, voltou para fazer a cena, Duncan pegou na virilha de Hanks e ficou chocado, porque Hanks havia posto uma garrafa de água vazia por baixo das calças. Depois disso, Duncan ficou mais aliviado para poder fazer a cena.


TRAILER



Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net