Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

Filmes



Total de visitas: 89069
Louca Obsessão

Voltar ao Menu

Louca Obsessão

 

Louca Obsessão - Capa Brasileira


Adaptação do Livro: Angústia (Misery, 1987)


Adaptação do Conto: ----------


Título Original: Misery


Ano de Produção: 1990


Duração: 107 minutos (1 hora e 47 minutos)


Data de Estréia nos EUA: 30/11/1990


Data de Estréia no Brasil: ----------


Elenco: James Caan, Kathy Bates, Richard Farnsworth, Frances Sternhagen, e Lauren Bacall


Direção: Rob Reiner


Distribuidora: MGM


IMDb: http://www.imdb.com/title/tt0100157/


Sinopse: Depois de terminar seu mais novo manuscrito, o escritor de sucesso Paul Sheldon decide sair para comemorar. O problema é que está nevando demais, e Paul acaba sofrendo um terrível acidente. Ele é salvo por uma ex-enfermeira chamada Annie Wilkes, que se auto-entitula sua fã número um. Paul se encontra totalmente imobilizado e quebrado por causa do acidente numa cama na casa de Annie. Aparentemente uma doce senhora, Annie aos poucos vai se revelando uma sádica psicótica, que tortura Paul de todas as maneiras, quando descobre que ele matou sua personagem favorita em seu último livro publicado. Agora Paul terá que usar suas artimanhas de escritor para ganhar tempo, enganar Annie, e com sorte, escapar deste pesadelo.


Disponível no Brasil em: Blu-Ray, DVD & VHS


CURIOSIDADES



- Aparição: [J.T. Walsh] Chefe de Polícia do Estado do Colorado.

- Aparição do Diretor: [Rob Reiner] Piloto do helicóptero.

- Depois de ver O Iluminado (1980). Rob Reiner ficou imediatamente inspirado para dirigir um filme baseado numa novela de Stephen King.

- Os livros do personagem Paul Sheldon são publicados pela editora Viking. A mesma editora que publicava os livros de King na época.

- Uma fita de vídeo de Harry & Sally: Feitos um para o Outro (1989) (dirigido por Rob Reiner) pode ser vista na loja de conveniência.

- O "cara que enlouqueceu num hotel nas proximidades" é uma referência à O Iluminado (1980).

- O papel de Paul Sheldon foi oferecido à Jack Nicholson, mas ele recusou porque não estava bem certo se queria fazer outro filme baseado em uma novela de  Stephen King depois do que ele havia experienciado com Stanley Kubrick em O Iluminado (1980).

- Quando Annie manda Paul queimar seu manuscrito, ela acende o papel e nós vemos um close-up nas palavras nele, que é um artigo sobre Cameron Crowe e como ele é um roteirista incrível. Fala sobre seus filmes, mas na maior parte elogia mais o filme Digam o que Quiserem (1989).

- De acordo com o livro "Four Screenplays" de William Goldman, o papel principal, Paul Sheldon, foi oferecido à William Hurt, Kevin Kline, Michael Douglas, Harrison Ford, Dustin Hoffman, Robert De Niro, Al Pacino, Richard Dreyfuss, Gene Hackman, Robert Redford, e Warren Beatty, todos eles recusaram.

- Foi oferecido à Anjelica Huston o papel de Annie Wilkes, e ela ficou interessada, mas não pôde aceitar devido a seu compromisso com o filme Os Imorais (1990). Bette Midler também recusou, antes do papel ir para Kathy Bates.

- Uma das primeiras máquinas de escrever de Stephen King tinha um "N" que não funcionava, exatamente igual a de seu personagem, Paul Sheldon.

- O manuscrito que Annie quer queimar é do livro "Fast Cars" (embora essa informação só apareça na novela).

- Numa recente entrevista com Melvyn Bragg, William Goldman revelou que alguns atores não queriam o papel de Paul Sheldon, porque Annie Wilkes roubava a cena na história demais. Warren Beatty comentou antes de recusar o papel que a cena da marreta fez de Paul Sheldon "um perdedor para o resto do filme". Goldman estava determinado a manter a cena no filme, que era uma variação de uma de suas cenas favoritas da novela de King (na novela, Annie decepa seus dois pés com um machado e cauteriza os ferimentos na hora com um maçarico). Porém, nas primeiras conversas sobre manter a versão original desta cena, Goldman não quis manter o original, pois seria nojento e violento demais para a audiência, entretanto no roteiro revisado de Rob Reiner e Andrew Scheinman, que mudava a cena para a que está no filme, Goldman também não quis que ela fosse incluída, de cara, isso pelo menos até ele ver a incrível e potente cena gravada.

- Única adaptação de Stephen King até hoje a ser premiado com um Oscar, no caso Oscar de Melhor Atriz, para Kathy Bates.



CURIOSIDADES COM SPOILERS



- Kathy Bates ficou desapontada com o fato da cena em que ela atropelava um jovem policial com um cortador de gramas repetidamenter ter sido cortada da versão final do filme. O diretor Rob Reiner estava com medo de que a audiência poderia rir da cena. Este momento que acentua ainda mais a crueldade do personagem está presente apenas no livro.


TRAILER

 


Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net